Contact

DISCOVER PUNTA DEL ESTE

O Arboretum Lussich é um dos passeios familiares imperdíveis em Punta Del Este.

Este lindo parque é a reserva florestal mais importante da América do Sul e é a sétima a nível mundial. Por isso, é visitado por estudantes de agronomia, botânica e jardinagem. Em seu interior de quase 200 hectares, ele guarda uma imensa riqueza ecológica: 370 espécies de flora exótica e 60 espécies nativas, além de possuir a maior variedade de eucaliptos do Uruguai (e uma das reservas mundiais mais relevantes desta espécie). Também é possível visitar um museu interativo para aprender mais sobre a história e a importância do Arboretum.

Para chegar, toma-se a rota Interbalneária rumo ao leste e, após passar o cruzamento com a ruta 12, anda-se mais um quilômetro e meio até que apareça a rua Antonio Lussich, na altura do km 128. Vira-se à esquerda e, percorrendo mais 500 metros, chega-se ao parque. São apenas 15km de distância da península de Punta del Este.

Arboretum (ou arboreto) significa “coleção de árvores”. Em 1896, Antonio Lussich adquiriu terrenos na zona localizada ao sul da Laguna del Sauce (de Arroyo del Potrero à Sierra de la Ballena), que até então estavam ocupados por rochas e dunas. No ano seguinte, começou a plantar a floresta, introduzindo cuidadosamente espécies dos cinco continentes, que colocou em zonas específicas, segundo as necessidades ecológicas de cada exemplar.

O processo de florestamento foi realizada ao longo de 30 anos. O lugar era conhecido como “O Bosque de Lussich”, e cobria então cerca de 1800 hectares, adquirindo renome mundial por contar com uma das maiores coleções de plantas da América do Sul. Hoje, a maior parte disso está em mãos privadas; onde atualmente se encontra o parque só passou à administração do Estado em 1980.

O Parque Arboretum Lussich pode ser percorrido a pé através de inúmeras trilhas. No centro de visitantes, ganha-se um mapa que é de grande ajuda para localizar-se ali dentro; também é possível fazer uma das três visitas guiadas que são oferecidas diariamente. O terreno é todo ondulado, já que se encontra sobre a Sierra de la Ballena. As trilhas passam por algumas construções abandonadas e revelam uma natureza impressionante, cheia de variedades de plantas e árvores, muitas delas bem distantes de seus lugares de origem.

Em sua parte mais alta, a 140 metros de altura, há um mirante no qual é possível descansar e admirar um incrível panorama de toda a baía, com a vista do Cerro Pan de Azúcar e do resto da serra. Também é possível chegar a esse ponto em automóvel.

O passeio inclui a opção de visitar o Museu do Azulejo (inaugurado em 7 de fevereiro de 1997), que era a antiga residência de Antonio Lussich. Ali, é possível apreciar a coleção de cerâmicas de origem europeia (500 azulejos do século XIX), documentos, objetos que pertenceram a Lussich, bem como obras de arte. Também há uma sala na qual se exibem vídeos didáticos sobre o Arboretum.

 

Amenities